A psoríase é uma doença que afeta o processo de renovação das células da pele o que leva ao aparecimento de lesões. Mas ao contrário do que se possa pensar, a exposição ao sol é benéfica para as pessoas com psoríase, quando acompanhada de cuidados especiais.

A exposição aos raios solares UVB estimulam a produção da vitamina D, uma grande aliada da medicina no combate a diversas doenças como vitiligo, dermatite, osteoporose, depressão e psoríase.
No caso da psoríase, a exposição diária ao sol ajuda a normalizar o processo de multiplicação das células cutâneas e a amenizar os sintomas da psoríase através da cicatrização da pele e da redução da inflamação. Isso faz do verão a estação perfeita para ir à praia ou à piscina e aproveitar os benefícios do sol!

No entanto, a exposição ao sol deve ser acompanhada de alguns cuidados.

  • Para certos tipos de pele, como é por exemplo o caso das peles mais brancas que não bronzeiam e queimam facilmente, a exposição ao sol deve ser moderada e deve evitar-se a exposição em horas do dia em que o sol é muito forte, dando preferência às primeiras horas da manhã ou às últimas horas do dia.
  • Deve-se também privilegiar a aplicação de um protetor solar fator 30, de preferência com ingredientes naturais, dando atenção especial à proteção na área das feridas.
  • A exposição direta ao sol também deve ser curta, o tempo recomendado pelos médicos varia entre os 15 e os 30 minutos. No resto do tempo, o ideal é aproveitar para ficar à sombra na praia, na piscina ou num parque por exemplo.
  • É importante ficar atento aos sinais da pele. Uma vermelhidão ou comichão podem querer dizer que aquela área está a ser muito exposta.
  • Outro fator importante é manter a pele diariamente hidratada principalmente após a exposição ao sol. Segundo dados médicos, quanto mais hidratada está a pele, maiores são as hipóteses de penetração dos raios ultravioleta. E não é só no verão, a hidratação é essencial em qualquer estação do ano.
Categorias: Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *