Quando tem uma doença como a Psoríase, convém seguir as indicações do seu médico. Ainda assim, pode fazer muito em seu próprio proveito para ajudar a controlar e prevenir as crises.

  • Use cremes hidratantes.

Os sintomas pioram quando a sua pele está seca, por isso mantê-la húmida com cremes e loções será obrigatório. Cremes mais espessos e oleosos, como a vaselina, são geralmente melhores, uma vez que ajudam na retenção da humidade abaixo da pele. De forma a ajudar a remover a pele escamada, deverá aplicar o creme em cima das mesmas, e de seguida seguida, cobrir a área com película adesiva ou outro material impermeável. Deixe por algumas horas e depois remova-o.

  • Cuide da sua pele e do couro cabeludo.

Tenha cuidado com a sua pele. Escolha sempre, cautelosamente, os produtos que irá usar, pois poderão provocar irritações e provocar o aparecimento dos sintomas. Tenha cuidado ao aparar as unhas. Ao cortar-se, poderá provocar uma inflamação dos sintomas. Se tiver psoríase no couro cabeludo, use shampôs adequados e especializados – tais como shampôs de alcatrão – no couro cabeludo. Banhos regulares com produtos suaves, tais como soluções de alcatrão, poderá causar um alívio constante da sua pele.

  • Evite o tempo seco e frio.

O clima pode ter um grande efeito sobre a psoríase. Em muitos casos, o clima frio e seco piora os sintomas. O tempo quente geralmente faz com que os sintomas abrangem, em regra geral.

  • Use um humidificador.

É importante manter a pele húmida. Ligue o humidificador quando notar que a pele se encontra demasiado seca.

  • Evite medicamentos que causam crises.

Notifique o seu médico sobre todos os medicamentos que toma. Pergunte se os mesmos podem afetar a psoríase. Estes são alguns medicamentos que são conhecidos por piorar os sintomsa:

  • Lithium, usado ​​para tratar distúrbios psiquiátricos;
  • Propranolol e, possivelmente, outros beta-bloqueadores, que são prescritos para doenças cardíacas;
  • Quinidine (Cardioquin ou Quinidex), medicamentos para arritmias cardíacas;Se estiver utilizando algum destes medicamentos, consulte o seu médico sobre substitutos.
  • Evite arranhões, cortes, choques e infecções.

É extremamente importante que as pessoas que têm psoríase evitem choques e cortes. Estes traumas da pele podem causar um surto: uma condição chamada “fenômeno de Koebner.” As infecções também podem causar certos problemas futuros. Seja, especialmente, cuidadoso ao fazer a barba. Evite ao máximo acupunturas, tatuagens e faça tudo par evitar picadas de insetos e escoriações.

  • Exponha-se um pouco ao sol, mas não muito.

Os raios ultravioleta retardam o crescimento das células da pele, por isso as doses moderadas de sol são suficientes. Seja breve, pois 20 minutos ao sol são suficientes. E, claro, use protector solar. As queimaduras e escaldões aumentem os sintomas de psoríase e ao mesmo tempo o aparecimento de cancro da pele. Tenha cuidado! Alguns medicamentos podem tornar a pele mais sensível aos raios ultravioleta, por isso consulte o seu médico, em primeiro lugar.

  • Evite o stress.

Embora não tenha sido comprovada, muitas pessoas associam as crises de stress ao aparecimento da psoríase. Por isso, tente relaxar. Pode tornar-se mais fácil dizer do que fazer, mas poderá usar técnicas de relaxamento, como a meditação ou a yoga, numa fase inicial.

  • Tenha em atenção à quantidade de álcool que ingere.

A conexão entre o álcool e a psoríase não é provada cientificamente, mas algumas pessoas crêem que pode piorar os sintomas, especialmente no sexo masculino. O álcool pode ser perigoso se for conjugado com alguns medicamentos para a psoríase, portanto verifique com o seu médico.

  • Faça exercício, tenha uma alimentação equilibrada e mantenha um peso adequado.

Embora não hajam estudos que mostrem uma ligação entre uma dieta equilibrada e a psoríase, os especialistas recomendam às pessoas uma dieta bem equilibrada, que é rica em frutas e legumes. Algumas pessoas reportaram que os seus sintomas melhoram quando deixaram de consumir leite ou glúten. O exercício físico também pode ajudar a combater os sintomas e aliviar o stress. Alguns estudos mostram que o excesso de peso pode desencadear certas crises, e que por isso, é fundamental manter um peso saudável.

Já conhece o nosso tratamento de psoríase 100% natural?

A Naturpenha desenvolveu um produto com ingredientes 100% naturais, inspirado numa receita centenária, que já produziu excelentes resultados em mais de 800 pacientes em todo o Mundo, como pode testemunhar na secção do nosso website, “testemunho”. O balanço positivo já ultrapassa os 95%, somente através deste produto natural. E o seu caso pode ser o próximo. Porque não testar?

Leia AQUI mais informações sobre o nosso tratamento natural da Psoríase, ou contacte-nos para mais esclarecimentos.

Categorias: Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *